fbpx
2023 Promete aquecer a retomada da Indústria; Confira as apostas das Distribuidoras
  • 24
  • 01

Matéria publicada no Portal Exibidor em 20 de Janeiro de 2023

Mais lançamentos, mais blockbusters e maior diversidade de gêneros marcam o calendário

O ano de 2022 nos apresentou uma maior retomada do audiovisual e das salas de cinema. Entretanto, vimos também inconsistências, especialmente entre agosto e outubro, que, apesar de bons filmes lançados, sentiu a ausência de grandes bilheterias durante o período. Em 2023, porém, a tendência é da continuação da retomada, algo que aos poucos está tomando forma.  Já é possível sentir um início de ano muito melhor do que o anterior, com mais lançamentos para todos os públicos. Mas é preciso levar em consideração que já estamos no final de janeiro e, até o momento, quem comanda as bilheterias é Avatar 2, lançado ainda no ano passado. Inclusive, o próprio mês de janeiro de 2022 teve algo muito parecido, quando se beneficiou do lançamento de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, realizado em dezembro de 2021.

Mas nem por isso devemos olhar para o mercado apenas com pessimismo. Pelo contrário, visto que há mais blockbusters planejados para entrar em cartaz neste ano do que estreou em 2021 e 2022 somados. Há preocupações, claro, especialmente porque o público infantil e o público 40+ ainda estão com dificuldades para retornar às salas escuras. As exceções no ano passado foram Top Gun: Maverick e Minions 2: A Origem de Gru, que, ao figuraram entre as maiores bilheterias do ano, provaram que filmes para públicos mais específicos (na questão da faixa etária) fazem falta no mercado.

Em entrevista ao portal Hollywood Reporter, Veronika Kwan Vandenberg, presidente de distribuição internacional da Universal, ressaltou: “No centro disso está a necessidade de amplitude e diversidade de conteúdo no mercado. Os consumidores precisam ter opções interessantes, não apenas propriedades intelectuais de marcas grandes, mas uma variedade de opções para voltar aos cinemas”.

Enquanto isso, o analista Eric Handler, da MKM Partners, em entrevista ao mesmo veículo,  acrescentou outro motivo para a retomada ainda não estar a todo vapor: “2022 nos mostrou que as pessoas estão dispostas a voltar ao cinema, especialmente para sucessos de bilheteria e filmes de eventos. Mas simplesmente não havia o suficiente deles. O número de lançamentos amplos caiu 35% em relação aos tempos pré-pandêmicos”.

Em outras palavras, ainda há espaço para o cinema retomar seu momento pré-pandêmico e até mesmo voltar a crescer, como estava acontecendo. Mas para isso, são necessários não apenas mais filmes de diferentes gêneros e para faixas etárias específicas, como também uma quantidade maior de blockbusters com potencial para atrair todos os públicos.

E para continuar a retomada, com cada vez mais pessoas indo às salas escuras, o Portal Exibidor foi atrás de algumas das principais distribuidoras que atuam no Brasil e traz aos leitores quais são as principais apostas delas para 2023:

Paramount
Uma das distribuidoras que mais tiveram sucesso em 2022, a Paramount também chega forte para este ano, com filmes para os mais variados públicos. “Nós confiamos que o line-up da Paramount para 2023 está completo e diversificado, com lançamentos pensados para todos os públicos. Nosso pontapé foi com Babilônia, aposta para a temporada de premiações, com elenco renomado, além da direção de Damien Chazelle. Em março, teremos Pânico VI, franquia de terror de sucesso e amada pelo público. Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes, Transformers: O Despertar das Feras e Missão: Impossível – Acerto de Contas: Parte 1 vêm como nossos grandes blockbusters e teremos duas animações: Tartarugas Ninja e um novo filme da franquia Patrulha Canina”, disse Cesar Silva, Vice-Presidente e Diretor Geral da Paramount Brasil.

Em relação à indústria cinematográfica, Cesar diz que a Paramount torce para que o mercado continue o movimento de retomada: “Através dos nossos filmes, buscamos incentivar que as pessoas frequentem cada vez mais as salas de cinema e se reaproximem das telonas como uma opção de lazer, entretenimento e conhecimento. Nossas apostas do ano em grandes blockbusters de ação, uma franquia de terror e a adaptação de um jogo amado por seus fãs para a tela grande demonstram isso: valorizamos a experiência audiovisual e de socialização que só o cinema pode proporcionar”.

Diamond/Galeria
Outra que se destacou bastante ano passado, a Diamond/Galeria prevê mais lançamentos em 2023, mantendo pluralidade em relação aos temas, gêneros, público-alvo e formato das campanhas. Em 2022, inclusive, a empresa assumiu a liderança do mercado cinematográfico brasileiro entre as distribuidoras independentes. “Vamos continuar atentos ao que há de mais relevante e inovador no mercado, buscando títulos diversos em gênero e temática. Queremos trazer os filmes mais comentados e premiados, criando awareness com campanhas criativas e assertivas para fomentar nosso mercado”, disse Gabriel Gurman, diretor geral da Diamond Films Brasil e CEO da Galeria Distribuidora.

Este ano a distribuidora já lançou o premiado sul-coreano Decisão de Partir e a superprodução Esquema de Risco – Operação Fortune e tem muito mais vindo. “Estamos animados e trabalhando muito para levar cada vez mais brasileiros para as salas de cinema este ano. Entre as principais apostas estão: Sombras de um Crime, estrelado por Liam Neeson; Belo Desastre que é baseado em um best-seller e promete ser o início de uma franquia de sucesso; Beau is Afraid, da renomada A24; Kandahar, estrelado por Gerard Butler; e os filmes de arte Triângulo da Tristeza, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2022, Um Filho, novo longa de Florian Zeller, e Broker – Uma Nova Chance, sul-coreano premiado em Cannes 2022. Também vamos fortalecer nosso line-up de filmes nacionais: são cinco projetos em fase de finalização e que devem estar prontos para estrear ainda este ano”, completou Gabriel Gurman.

O CEO também destaca que começamos 2023 em um cenário mais otimista, com um novo olhar para a indústria cultural e uma alta expectativa de retomada do setor. “Ações como a Semana de Cinema comprovam que o comprometimento e a união do mercado tem um impacto muito positivo e importante para contribuir com a volta do público ao cinema, criando oportunidade para nossos consumidores e para que o hábito de ver filmes nas telonas volte a fazer parte da rotina dos brasileiros. Queremos que distribuidores e exibidores contem com a Diamond Films e com a Galeria Distribuidora para pensar e colocar em prática campanhas e ações que contribuam para o setor. Continuamos apostando no cinema e acreditando no poder do audiovisual para promover debates importantes enquanto entretêm, trazendo conscientização e mostrando diferentes realidades”, concluiu Gurman.

O2 Play
A O2 Play começa o ano comemorando o sucesso de Aftersun, parceria com a MUBI, que teve em sua sexta semana o melhor desempenho desde o lançamento. “Investimos em mais mídia e torcemos para que o filme tenha indicações no Oscar na próxima terça-feira (24). Estamos muito felizes com o resultado do longa, que deve chegar em torno de 50 mil ingressos vendidos na próxima semana”, comemorou Igor Kupstas, diretor da O2 Play. Ainda em parceria com a MUBI, a O2 Play estreou ontem (19) Holy Spider, que está na shortlist do Oscar de Melhor Filme Internacional e, em março, fará um grande lançamento para Close, que também é um dos pré-selecionados. “Estes três são os nossos filmes internacionais do primeiro trimestre de 2023, todos em parceria com a MUBI e com potencial para indicações ao Oscar”, ressaltou Igor. “No line-up nacional do primeiro trimestre, temos O Homem Cordial – já apresentado na Expocine -, com Paulo Miklos e Thaíde e direção de Iberê Carvalho. Este é um thriller no qual
estamos trabalhando faz tempo e que finalmente chega ao circuito exibidor. E para Ciclo, de Ian SBF, faremos uma estreia diferenciada, com a participação ativa do diretor, elenco e convidados especiais. Urubus, de Cláudio Borrelli e exibido na Expocine, também chegará aos cinemas. E
outra novidade é que acabamos de fechar a aquisição de Elis & Tom, Só Tinha de Ser com Você. O documentário de Roberto de Oliveira ganhou o prêmio da crítica de Melhor Filme Brasileiro na 46ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Estamos contentes em trabalhar com o filme, em parceria com a gravadora e os produtores. A previsão de lançamento é em março”, informou o diretor. Para a indústria, a expectativa da O2 Play, segundo Igor, é que o mercado siga crescendo, com ótimos resultados: “Vamos aumentar as apostas e queremos compartilhar o sucesso com os exibidores”.

Sony
A distribuidora está com bons filmes para todos os públicos programados para 2023 e as expectativas são altas para o decorrer do ano. “Além dos novos filmes do universo do HomemAranha, como Homem-Aranha: Através do Aranhaverso e Kraven, temos um foco importante em filmes nacionais. Já começamos o ano com Chef Jack: O Cozinheiro Aventureiro, uma animação 100% brasileira, e ainda teremos Ninguém É de Ninguém, novo filme de Wagner de Assis, baseado na obra de Zíbia Gasparetto. Filmes do universo de terror como O Exorcista do Papa, com Russell Crowe, e o próximo capítulo de Sobrenatural têm tudo para agradar aos fãs do gênero, assim como 65 – Ameaça Pré-Histórica, unindo o astro Adam Driver e dinossauros”, informou a Sony Pictures em nota oficial enviada ao Portal Exibidor.

A Sony também continuará investindo em sua parceria com a PlayStation, que trouxe aos cinemas Uncharted: Fora do Mapa em 2022: “Levaremos para as telonas Gran Turismo: De Jogador A Corredor, baseado em uma eletrizante história real, que prova que sonhos podem se tornar realidade. [Além disso], depois de Whitney Houston, ainda teremos a comédia romântica O Amor Mandou Mensagem, com Celine Dion, e daremos continuidade aos nossos lançamentos de anime, em parceria com a Crunchyroll, maior especialista mundial do gênero”. Sobre o mercado, a distribuidora ressalta: “A Sony segue comprometida em valorizar a experiência coletiva do cinema e esperamos receber cada vez mais apoio do mercado exibidor com títulos originais. Em 2022, tivemos um resultado de sucesso com A Mulher Rei, filme que foi abraçado pelo mercado, fator fundamental para consagrar o Brasil como maior bilheteria internacional do filme”.

Elo Studios
A distribuidora nacional também se deu bem em 2022 e Sabrina Wagon, CEO da Elo Studios, garante ótimos lançamentos para este ano: “Para citar alguns destaques, temos as comédias Depois da Saideira, dirigida por Pedro Arantes e Julio Taubkin, com Thati Lopes e Luciana Paes no elenco; e De Repente, Miss!, com a direção de Hsu Chien e Cris D’Amato e roteiro de Dani Valente, em que o longa pretende levar reflexão sobre a vida moderna e laços familiares, com um elenco formado por Fabiana Karla, Giulia Benite e Danielle Winits”. “Ainda temos a comédia romântica Viva a Vida, dirigida por Cris D’Amato, com Rodrigo Simas, Thati Lopes, Jonas Bloch, Diogo Martins e Regina Braga – filmado entre Brasil e Israel; e o drama de época, Madame Durocher, escrito por Rita Buzzar e João Segall, com direção de Dida Andrade e Andradina Azevedo, onde o filme apresenta a história da primeira mulher formada como parteira no Brasil”, completou Sabrina.

Além destes títulos, todos com distribuição ou co-distribuição da Elo Studios, a empresa ainda tem outros dez filmes programados para chegarem ao cinema em 2023. “Estamos muito otimistas e acreditamos que os resultados devem surpreender. Esperamos uma retomada e reconstrução do mercado cinematográfico, com aumento da bilheteria e, em especial, do market share do cinema nacional”, finalizou Sabrina Wagon.

Vitrine
“A Vitrine começa o ano com filmes que são sucesso de crítica e se destacaram nos festivais em 2022. Já em fevereiro, estrearemos a animação Perlimps, do diretor Alê Abreu. Outra estreia do próximo mês, Mato Seco em Chamas, de Adirley Queiroz e Joana Pimenta, passou por Berlim, Toronto, Nova Iorque e também foi premiado no Festival do Rio e Brasília. Teremos ainda Medusa, de Anita Rocha da Silveira, sucesso em Cannes, e Noites Alienígenas, primeiro longametragem do Acre e que foi o grande vencedor de Gramado, dentre outros vários sucessos”, contou Felipe Lopes, Diretor Geral da Vitrine Filmes.

Pela Manequim, selo alternativo da Vitrine com foco no cinema comercial, mais filmes estão programados. “No primeiro semestre, traremos o novo filme de Julia Rezende, A Porta ao Lado, que investiga o desejo feminino. O filme é estrelado por Letícia Colin, Bárbara Paz, Dan Ferreira e Tulio Starling. Teremos ainda mais três títulos no nosso selo focado em obras comerciais: Derrapada, de Pedro Amorim, e duas cinebiografias: Nosso Sonho, de Eduardo Albergaria, que conta a história de Claudinho e Buchecha; e O Meu Sangue Ferve por Você, de Paulo Machline, sobre Sidney Magal”, completou Felipe. Para a indústria, Felipe Lopes ressaltou que espera um mercado mais forte: “Temos esperança de um cenário melhor para o cinema brasileiro com o atual cenário político de retomada do Ministério da Cultura em um ambiente de integração. Precisamos, de forma coletiva, trabalhar para o crescimento do público nas salas com diversidade de títulos”.

Pandora
A distribuidora, especialista em longas europeus, projeta os seguintes lançamentos para 2023: O Garoto dos céus (estreou ontem, 19); RMN, de Christian Mungiu; o drama inglês O Último Ônibus; Houria, o novo filme da diretora de Papicha, Mounia Meddour; e O Colibri, baseado no best seller homônimo. “[Esperemos] um ano com grandes lançamentos e salas cheias! Números fortes e muita diversidade de títulos, países, e temas em todas as salas do Brasil”, disse Juliana Brito, coordenadora da Pandora Filmes.

Com o foco no cinema francês, a Imovision espera um mercado mais aquecido este ano: “Esperamos que cada lançamento possa contribuir para que o público volte às salas de cinema como antes da pandemia. Nesse mercado, não há experiência mais gratificante do que uma sala cheia”, afirmou Jean Thomas Bernardini, diretor da Imovision. “Estamos muito entusiasmados com o nosso próximo lançamento: A Esposa de Tchaikovsky. O
filme é excelente e com certeza irá agradar os nossos cinéfilos. Gostaríamos de apresentar o trailer aqui em primeira mão”, disse Jean.

Universal
Com três filmes já lançados em 2023, a Universal, até o momento, tem mais 14 longas planejados para as telonas este ano. São eles: Tár; Batem à Porta; Till – A Busca por Justiça; Entre Mulheres; O Urso do Pó Branco; Super Mario Bros – O Filme; Champions; Reinfield – Doando Sangue Pelo Chefe; Book Club 2: The Next Chapter; Velozes e Furiosos 10; Strays; Oppenheimer; Last Voyage of the Demeter; e Trolls 3. De acordo com a reação do público aos trailers e notícias, as maiores expectativas estão para Super Mario, Velozes e Furiosos 10 e Oppenheimer, novo longa do diretor Christopher Nolan.

Paris Filmes
As grandes sagas da Lionsgate, distribuídas no Brasil pela Paris, estão de volta. Em release, a distribuidora ressalta John Wick 4: Baba Yaga, que foi definido pelos atores como o melhor de toda a franquia, Jogos Mortais X, que terá o retorno de Tobin Bell/Jigsaw à saga, e o mais aguardado do ano: Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, spin-off da série homônima estrelado por Viola Davis, Peter Dinklage e Hunter Schafer.
Além desses, a Paris destaca também os dois longas dos Três Mosqueteiros, Os Três Mosqueteiros: D’Artagnan e Os Três Mosqueteiros: Milady, e também Pássaro Branco – Uma História de Extraordinário, spin-off de Extraordinário que levou aos cinemas brasileiros 6,5 milhões de espectadores.

No cinema nacional, as grandes novidades que chegam às telonas neste ano são Meu Nome é Gal, filme que conta a vida da cantora Gal Costa, vivida por Sophie Charlotte; Minha Irmã e Eu, uma comédia para toda a família com Ingrid Guimarães e Tatá Werneck; Tá Escrito, longa que começa a ser produzido em fevereiro com Larissa Manoela; além de Bandida – A Número Um, Férias Trocadas, Um Dia Cinco Estrelas, Tô de Graça e Os Enforcados. São quase 50 filmes programados para estrear nos cinemas em 2023, com grandes promessas de bilheteria ao longo do ano.

Downtown
A Downtown, em parceria com a Paris Filmes, irá lançar quatro filmes este ano, ainda sem datas oficiais definidas. São eles: Mallandro: A Terapia da Alegria; Mussum; Jardim dos Girassóis e; Rodeio Rock, com Lucas Luko e Carla Diaz. “Estamos analisando como o mercado vai se comportar com os filmes nacionais”, informou a Downtown em e-mail ao Portal Exibidor, em relação às expectativas da indústria cinematográfica para 2023.

Warner
Entre as cinco majors, a Warner foi a única que ainda não fez um lançamento no Brasil neste ano. Entretanto, dez bons títulos são aguardados para 2023. São eles: As Múmias e o Anel Perdido; Creed 3; Shazam! Fúria dos Deuses; A Morte do Demônio: A Ascensão; The Flash; Os Aventureiros – A Origem; Barbie; Besouro Azul; Duna – Parte 2; e Aquaman 2: O Reino Perdido.

Apesar de quatro filmes da DC estarem programados – inclusive o aguardado longa solo do Flash (que deve ser o responsável por rebootar o DCU) e Besouro Azul, com nossa Bruna Marquezine no elenco -, todos os olhos estão voltados para Barbie, especialmente depois do teaser-trailer lançado há pouco mais de um mês. Imagem Filmes “A Imagem segue apostando firme no ritmo nacional. A gente precisa trabalhar a quatro mãos para retomar a bilheteria dos filmes nacionais, mas olhar também para os filmes internacionais”, destacou Gustavo Romboli, diretor de vendas da distribuidora, durante a apresentação do lineup de 2023. Entre os principais títulos nacionais, estão Desapega, com Maisa e Glória Maria; Deus Ainda é Brasileiro, spin-off do clássico Deus é Brasileiro; Uma Fada Veio me Visitar, que marca o retorno de Xuxa às telonas; e Silvio, sobre a vida do apresentador Silvio Santos com Rodrigo Faro no papel do protagonista. No line-up internacional, a Imagem Filmes já lançou esse ano Emily, com a atriz Emma Mackey. Outros destaques são: Left Behind 2; Mothers’ Instinct; Os Mercenários 4; Night Has Fallen; e Rambo 6.

Disney
Major com mais lançamentos previstos em 2023, a Disney já lançou Fervo e mais 20 filmes estão previstos: Os Banshees de Inisherin; o relançamento de aniversário dos 25 anos de Titanic; Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania; Império da Luz; La Situación; Chevalier: A Verdadeira História Nunca Contada; Avassaladoras: Entre Amores e Segredos; Guardiões da Galáxia: Volume 3; A Pequena Sereia; Elementos; Indiana Jones e a Relíquia do Destino; Perdida; As Marvels; Mansão Mal Assombrada; Não Tem Volta; Nosso Lar 2: Os Mensageiros; A Haunting In Venice; Next Goal Wins; True Love; e Wish. Os filmes da Marvel, como esperado, são os mais aguardados pelo público. Entretanto, outros três merecem destaque: o live-action de A Pequena Sereia, Elementos (nova animação da Pixar) e Indiana Jones, que marcará o retorno de Harrison Ford ao papel.

H2O
Em janeiro, distribuidora lançará A Última Festa nos cinemas. Para além disso, estão confirmados: Aumenta que é rock’n’roll, com Johnny Massaro em abril; O Pai, Ó 2, com Lázaro Ramos, em junho; 2 é demais em Orlando, com Eduardo Sterblitch, e Príncipe Lu, com Luccas Neto, que estreia entre o fim de dezembro e início de janeiro. “Acredito e torço que o mercado cresça bem em 2023. Pela H2O vamos investir forte em campanha para cinema nas nossas apostas desse ano, temos filmes com potencial muito forte!! E temos confiança que vamos entregar resultados consistentes para as salas de cinema!! Teremos em breve muitas novidades!!”, disse Sandro Rodrigues, CEO da H2O Films.

 

LEIA A MATÉRIA AQUI

Comments (0)

Leave a reply

Should you ever have a question, please dont hesitate to send a message or reach out on our social media.

Deixe uma resposta

More News
  • 10 dez 2021
  • 0
Vem aí a 22ª edição da Retrospectiva do Cinema Brasileiro, de 9 a 30 de dezembro, promovida pelo CineSesc e Sesc São Paulo. O festival...
  • 20 jan 2023
  • 0
Matéria publicada no Jornal 140 em 17 de janeiro de 2023 Dá Licença de Contar, dirigido por Pedro Serrano, começou as filmagens. Gustavo Machado, Paulo Miklos...
  • 21 ago 2019
  • 0
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Vou Nadar Até Você, longa-metragem que será lançado pela Elo Company, estreou no 47º Festival de Cinema de Gramado! O filme marca a estreia...
Translate »
%d blogueiros gostam disto: